A gestão do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), no município de Breves, arquipélago do Marajó, vem adotando boas práticas de gestão hospitalar, pensando na melhoria contínua e nos cuidados com os alimentos servidos para os usuários, acompanhantes e colaboradores. A equipe do Serviço de Nutrição e Dietética (SND) realiza um processo de capacitação semestral sobre as boas práticas de manipulação de alimentos.

”É importante realizar a reciclagem das rotinas e fluxos do manual de boas práticas do manipulador de alimentos, pois reforça o conceito de segurança e qualidade dos alimentos e se torna mais fácil de compreender e ter uma visão mais abrangente dos procedimentos descritos pela legislação’’, disse a coordenadora do SND, Renata Feio.

A reciclagem se estenderá durante todo o mês de maio. A ação de educação em saúde conta com várias formas de abordagem, entre elas: dinâmicas, vídeos educativos, rodas de conversa e simulações.

A copeira do HRPM, Alcinete Barbosa Fernandes, ressaltou a importância da iniciativa em aprimorar os conhecimentos voltados aos fluxos e rotinas do processo de alimentação na unidade hospitalar. “Está sendo muito importante, porque a gente consegue verificar os erros que podem acontecer no dia a dia, e que muitas das vezes pode até passar despercebidos. É fundamental a gente conhecer a importância de cada rotina’’, contou a colaboradora.

Os cuidados com o preparo das dietas dos usuários em internação no HRPM, segue um fluxo de qualidade que vai desde o pré-preparo até o momento da distribuição. Dentro dessas etapas, são monitorados a identificação segura do usuário, temperatura do preparo, e tempo de distribuição das dietas e a adequação por consistência e especificações conforme o manual de dietoterapia, todo esse cuidado é pensado sempre no bem-estar do usuário.

“A dieta garante o aporte de nutrientes adequados para as necessidades de cada usuário e a inclusão de suplementos nutricionais, módulos de fibras e módulos de proteínas para melhorar o estado nutricional’’, disse Renata Feio

A dona de casa, Maria Madalena Duarte da Silva, 42 anos, residente do Rio Jujuteua, distrito de Breves, está acompanhando sua filha Rayana Silva, que teve seu bebê no HRPM, no dia 20 de abril. A acompanhante disse está satisfeita com a alimentação servida na unidade. ‘’A alimentação aqui é boa, graças a Deus, não é a primeira vez que estou aqui, e sempre fui bem cuidada, bem atendida, não tenho do que reclamar. Todos estão de parabéns’’, contou a dona de casa.

 

Dados

De janeiro a abril deste ano o SND serviu 104.365 refeições para usuários acompanhantes e colaboradores.

O Hospital Regional Público do Marajó integra a rede de saúde do Governo do Pará. A unidade presta assistência de média e alta complexidade para aproximadamente 300 mil habitantes do sudoeste marajoara, que compreende os municípios de Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel.

O hospital fica na avenida Rio Branco, nº 1.266, no bairro Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (91) 3783.2140 / 3783.2127.

 

Fonte: Agência Pará
Foto: divulgação