Referência na assistência de média e alta complexidade na região do Marajó para várias especialidades, entre elas obstetrícia, ginecologia, pediatria e serviço de Maternidade, o Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, adere ao “Novembro Roxo“, mês internacional de sensibilização para a causa da prematuridade. O tema global do Dia Mundial da Prematuridade, lembrado nesta quinta-feira (17), é “Garanta o contato pele a pele com os pais desde o momento do nascimento”.

Para comemorar a data, a supervisão dos Ambientes Fechados (UTI Adulto, Pediátrica e Neonatologia), com apoio da Equipe Assistencial, realizará, às 15h, ensaio fotográfico com bebês e suas mães na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal e pediátrico, e às 16h, piquenique com bebês e seus familiares na horta do hospital.

A programação do evento teve início na última quarta-feira (16) com realização de Roda de Conversa com a temática do Novembro Roxo e a abordagem sobre “Garantir o contato pele a pele com o pais, desde o momento do nascimento do bebê”.

Houve também encontro com os familiares dos recém-nascidos, no Espaço de Gestantes com a equipe multiprofissional que conversaram sobre temas de interesse dos pais de crianças nascidas no Regional do Marajó, entre eles, aleitamento materno. Durante o encontro os participantes puderam receber a massagem relaxante Shantala.


Usuárias participam do evento comemorativo no espaço gestante – Foto: Divulgação


Pais de gêmeos relatam atendimento dado aos filhos que nasceram prematuros há 9 anos – Foto: Divulgação

 

Histórico da data – O Dia Mundial da Prematuridade é comemorado em 17 de novembro desde 2008 e tornou-se um movimento intercontinental no qual inúmeros indivíduos e organizações de mais de 100 países unem forças com atividades, eventos especiais e se comprometem com a ação para ajudar a abordar a questão do nascimento prematuro.


Prematuridade no HRPM – Foto: Divulgação

 

Serviço – O Hospital Regional Público do Marajó integra a rede de saúde do Governo do Pará, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A unidade presta assistência de média e alta complexidade para aproximadamente 300 mil habitantes do sudoeste marajoara, que compreende os municípios de Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel.

O Hospital fica na Avenida Rio Branco, nº 1266, no bairro Centro. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (91) 3783-2140 / 3783-2127.

 

Fonte: Agência Pará de Notícias
Foto: Divulgação