O presidente russo, Vladimir Putin, desembarcou nesta quarta-feira (6) em Abu Dhabi, na primeira etapa de uma visita diplomática aos Emirados Árabes Unidos e à Arábia Saudita que visa discutir o conflito israelense-palestino e o petróleo, segundo a imprensa russa.

“O avião de Putin pousou em Abu Dhabi”, disse a agência estatal Ria Novosti no Telegram. O presidente russo pretende abordar “o conflito israelense-palestino” e a redução da produção de petróleo no âmbito da Opep+, da qual a Rússia é membro, segundo o Kremlin.

Putin se reunirá nesta quarta-feira com o presidente dos Emirados, Mohamed bin Zayed Al Nahyan, um dos principais parceiros econômicos do país, segundo a Presidência russa.

Até agora, o líder russo limitava as suas viagens ao exterior porque era alvo de um mandado de prisão do Tribunal Penal Internacional (TPI) pela “deportação” de crianças ucranianas.

Nesse sentido, não participou, por exemplo, das últimas cúpulas do G20 ou dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

No início de novembro, viajou para o Cazaquistão. Em outubro foi recebido pelo seu aliado Xi Jinping na China, à margem do fórum Novas Rotas da Seda.

Antes de sua visita a Pequim, ele visitou o Quirguistão, outro aliado de Moscou. Foi a sua primeira viagem ao exterior desde o mandado de prisão do TPI.

 

Fonte: AFP
Foto: Andrei Gordeyev/AFP